O blog

Um blog sobre coisas e acontecimentos desimportantes.

Escrevo para provocar, incomodar.

“Escrevo porque a vida me dói, porque não seria capaz de viver sem transformar dor em palavra escrita. Mas não é só dor o que vejo no mundo. É também delicadeza, uma abissal delicadeza, e é com ela que alimento a minha fome. (…).  Não escrevo para apaziguar, nem a mim nem a você. Para mim só faz sentido escrever se for para desacomodar, perturbar, inquietar. (…). Escrevo porque acredito no poder da narrativa da vida em transformar a própria vida”. (Eliane Brum, Um percurso de (des)identidade,  2013, p. 19)

 

Copyleft: todo este site é livre, você pode copiar, compartilhar e modificar sob os termos da Licença da Arte Livre

367px-Licence_Art_Libre.svg

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s